Sensibilidade dentinária.Porque ocorre?

Sensibilidade dentinária.Porque ocorre?

Beber algo quente dói, tomar sorvete nem pensar e até alimentos mais ácidos não são tolerados por pessoas com dentes sensíveis. Segundo um estudo desenvolvido na Universidade de Washington, nos Estados Unidos, o problema atinge uma em cada oito pessoas.

Na maioria das vezes, ocorre desgaste do esmalte do dente. Dessa forma, prolongamentos nervosos ficam expostos e causam a sensação de choque quando algum alimento frio, quente, ácido, e até mesmo adocicado, é ingerido.

Um dos problemas associados à sensibilidade dentinária é a retração gengival. Normalmente, o modo de escovação ou a escova usada podem causar o trauma na gengiva que faz com que ela se retraia e deixe a dentina exposta. A negligência de higiene bucal, o mau alinhamento dentário, a mordida traumatizante (oclusão) e alguns hábitos viciosos como o de ranger dos dentes (bruxismo), podem cooperar com o surgimento e desenvolvimento de retrações das gengivas.

Outra consequência da retração da gengiva pode ser o mau hálito. Isso porque a condição favorece o acúmulo de depósitos de bactérias e restos alimentares, pois exige técnica e atenção diferenciada na prática da higiene bucal.

Para tratar a retração gengival é preciso procurar um dentista para saber em qual estágio está o problema. Em alguns casos é possível corrigir cirurgicamente.

Previna-se com sete passos

1- Seja eficaz na higiene bucal
2- Não escove os dentes com força exagerada
3- Corrija mordida e alinhamento dos dentes
4- Evitar hábitos nocivos como palitar dentes ou usar o fio dental de forma inadequada
5- Evite escovas de cerdas duras ou emborrachadas, prefira as cerdas ultra macias
6- Visite o dentista no mínimo semestralmente
7- Consuma alimentos ricos em fibras e nutrientes e desprovidos de açúcar refinado em excesso

fonte :Terra