Quando devemos trocar a escova de dentes?

escovas

Um estudo realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos aponta que o brasileiro troca de escova de dentes em média a cada 18 meses.

A maioria dos dentistas concorda que você deve trocar sua escova dental no máximo a cada três meses pois estudos mostram que após três meses de uso normal, as escovas são muito menos eficientes na remoção da placa dos dentes e gengivas em comparação com escovas novas.Notamos que as escovas após este tempo também acumulam bactérias e perdem sua função pois as cerdas se deformam e perdem a eficiência para limpar todos aqueles cantinhos ao redor dos dentes . O ideal porém seria trocar sua escova entre 45 e 60 dias.

Também é importante trocar de escova após resfriado, gripe, infecção na boca ou dor de garganta. Isso porque os germes podem se alojar nas cerdas da escova e levar à reinfecção. Mesmo se você não esteve doente, fungos e bactérias podem se desenvolver nas cerdas da sua escova – outra razão para trocar sua escova regularmente.

Lembre-se de escovar os dentes após as refeições e fazer uso do fio dental para manter sua saúde bucal.

Para avaliar também se a escova dental continua em condições de uso, observe se as cerdas estão alinhadas e se não sofreram alteração de posição devido à pressão exercida na escovação. É importante que as cerdas estejam sempre alinhadas para que possam fazer a higienização de todos os dentes com a mesma intensidade. Caso a escova apresente qualquer alteração nas cerdas ou também pigmentação escurecida,faça a substituição de sua escova independente do tempo de uso.

Para obter o melhor da sua escova, é preciso tomar uma série de cuidados:

Sempre seque a escova após o uso, dando batidas com a escova na borda da pia para evitar bactérias e fungos que gostam de lugares úmidos.Nunca seque as cerdas da escova com toalhas.

Não use protetores na escova, quando estiver em casa. Eles a abafam, o que proporciona a proliferação de bactérias.Prefira guardá-las em armário fechado.

Lave as cerdas com água corrente após a escovação; borrife gluconato de clorexidina a 0,12% para higienizar e descontaminar as cerdas.
Leia nossa postagem aqui no blog sobre contaminação de escovas dentárias.

Lembre-se de não usar muita força na hora de escovar os dentes, para evitar que as cerdas se desgastem prematuramente assim como o esmalte de seus dentes.