Tratamento injusto e estresse no trabalho afetam o paladar

stress

VANCOUVER, Canadá: Concorda-se que o estresse influencia a saúde humana de várias maneiras. Agora, um novo estudo do Canadá apresentou evidências de que o estresse e a injustiça no trabalho causam um efeito psicológico nas pessoas. Os pesquisadores descobriram que recordar ou observar acontecimentos injustos pode conduzir à intensificação do paladar.

No estudo, os pesquisadores da Escola de Negócios Sauder da Universidade British Columbia conduziram experiências para determinarem o efeito do estresse no ambiente de trabalho. Primeiro, os participantes tiveram que recordar um acontecimento justo e injusto no trabalho e, em seguida, fazerem um teste no qual deveriam avaliar o sabor dos alimentos. Os pesquisadores observaram que aqueles que narraram episódios de injustiça avaliaram o sabor em 10% mais forte do que os narradores dos atos de justiça.

Em adição, eles descobriram que mesmo a injustiça sendo observada, essa afeta o paladar de uma pessoa. Numa segunda experiência, os participantes assistiram várias cenas da comédia televisiva americana “The Office” envolvendo situações neutras e injustas no ambiente de trabalho. Novamente, os que assistiram tratamentos injustos reportaram o sabor dos alimentos em 10% mais forte.

As descobertas sugeriram que os tratamentos no ambiente de trabalho que violam o senso de dignidade individual e respeito causam emoções de repulsa e raiva que conduzem à intensificação do paladar e olfato, disseram os pesquisadores.

O estudo intitulado “Does Injustice Affect Your Sense of Taste and Smell? The Mediating Role of Moral Disgust” , foi publicado na revista Journal of Experimental Social Psychology