Remédios? Como descartar?

 Remédios? Como descartar?

De uma forma geral, as primeiras opções na hora de descartar medicamentos vencidos seriam jogar pela pia da cozinha e vaso sanitário ou descarte pelo lixo comum. Quem ficará guardando remédio em casa se não serve pra mais nada? E pior, se houver crianças em casa há até um certo risco.
O que pouca gente sabe é que as substâncias presentes nos medicamentos podem causar sérios danos ambientais quando descartadas dessa forma. Muitas delas não são degradadas e podem afetar a fauna e flora de formas muito sérias, como por exemplo, aumentando a resistência de bactérias a antibióticos, causando alterações hormonais em peixes e até a morte de animais por tumores.
Um caso interessante aconteceu na Índia, onde o diclofenaco administrado aos bovinos foi responsável por uma seríssima redução da população de urubus no país. Isso porque os componentes do medicamento permaneciam na carcaça do animal morto, e causavam falência renal naquelas aves. Acho que nem é preciso mencionar as consequências que o desaparecimento dessa espécie poderiam causar em um ecossistema.

Então talvez você se pergunte o que deve fazer com os remédios. Bem, o ideal é se informar junto à Secretaria de Saúde do seu município e saber quais postos de saúde fazem a coleta. Os medicamentos deverão então ser encaminhados aos laboratórios farmacêuticos que farão o descarte de maneira segura.
Uma dica é o programa Descarte Consciente (http://www.descarteconsciente.com.br/) vale a pena o clique e saber um pouco mais da iniciativa. Lembre-se: esse problema é nosso, cabe a nós fazer a nossa parte e o mais importante: fiscalizar as ações da do governo municipal sobre esse assunto seríssimo.

Autor: Igor Vecchi