Pesquisa da USP usa laser para prevenir cárie na raiz dos dentes

Pesquisa da USP usa laser para prevenir cárie na raiz dos dentes

Pesquisadores da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) têm feito testes com êxito no uso do laser para prevenir a cárie radicular, aquela que ocorre na raiz dos dentes. A técnica utilizada no trabalho do dentista César Lepri permite prevenir a cárie com mínima intervenção, como acontece atualmente com a aplicação de flúor. O método pode evitar a necessidade de tratamento restaurador nos dentes.

A Agência USP de Notícias divulgou na sexta-feira, 11, que “o objetivo do estudo foi avaliar em laboratório a efetividade dos parâmetros da irradiação de lasers no tratamento de prevenção do desenvolvimento da lesão de cárie radicular formada em situação de alto risco a cárie, analisando a influência do tipo de laser empregado associado ou não ao flúor”. A lesão de cárie radicular é considerada uma das principais causas de perda dos dentes em adultos, sendo que o problema se agrava com o envelhecimento.

“Este fato se deve a exposição das raízes, por doença periodontal ou mesmo naturalmente, a uma dieta que favorece a sua formação, dificuldade de higienização, e problemas crônicos de saúde que refletem na diminuição da quantidade e qualidade da saliva”, afirmou a professora Regina Guenka Palma-Dibb, que orientou a pesquisa. “A cárie radicular acomete cerca de 40% a 60% da população adulta.”

Atualmente o tratamento é feito com broca e restauração com material normalmente estético. “A prevenção atualmente é feita apenas com aplicação de flúor e controle da placa dental (biofilme)”, diz a professora.

Via Agência Estado