USP procura voluntários para pesquisa sobre bruxismo

USP procura voluntários para pesquisa sobre bruxismo

Muitas pessoas apertam e rangem os dentes enquanto dormem. E este é um problema progressivo que pode desgastar e até mesmo amolecer os dentes. O resultado é dor de cabeça, na coluna, fratura no dente, entre outros.

O Projeto Bruxismo, da Faculdade de Odontologia da USP, procura voluntários que sofrem com o problema para desenvolver o melhor tratamento inicial para o distúrbio – se deve começar com fisioterapia ou odontologia.

Para testar a eficácia inicial dos dois métodos juntos, serão aplicados dois tipos de intervenções fisioterápicas – alongamento muscular e massagem e terapia de relaxamento e imaginação – e o tratamento odontológico.

Os candidatos devem ter entre 18 e 60 anos, ter bruxismo, sentir dores em regiões como maxilar, pescoço e trapézio, e não terem desgastes dentais muito acentuados, nem mais de dois dentes faltantes.

O próximo passo são avaliações de fisioterapia e em seguida a escolha de um dos tratamentos. Depois serão feitas análises da qualidade do sono, da saúde bucal, dos níveis de ansiedade, estresse e depressão, além da medida do limiar de dor da sensibilidade dentária.

Os cadastros para triagem podem ser feitos pelo telefone (11) 4786-5844 ou pelo e-mail bruxismo.usp@gmail.com.

Beta
Terra