Entenda a diferença entre implante e prótese

Entenda a diferença entre implante e prótese

Quando chega a hora de procurar por ‘substitutos’ dos dentes, pode haver dúvidas entre qual opção escolher. Existem as próteses fixas, próteses móveis e os implantes. Cada caso pede uma técnica diferente, já que a saúde geral e da boca precisam ser levadas em consideração para seguir com o tratamento ideal.

A prótese móvel ( ponte ou dentadura) é removível, então a limpeza ocorre fora da boca e o custo é menor. Porém, pode prejudicar a segurança social e conferir menor potência mastigatória.
No caso da prótese Total móvel, a famosa dentadura substitui toda a arcada perdida .
02protese
A prótese fixa dá mais confiança para quem a usa ,uma vez que não é retirada da boca. A parte ruim é que o profissional precisa desgastar dentes saudáveis para que sirvam de pilar.
As próteses fixas são recomendadas para quem perdeu um ou mais dentes, mas ainda restam alguns na boca. Isso porque são precisos outros dentes para servirem de pilar e ser fixada a prótese.

03protese

A Prótese Parcial removível substitui alguns ausentes mas também precisa ser removida para limpeza.

02winston-churchill108093954

Já o implante, pode substituir um dente ou a arcada inteira. A técnica consiste em colocar um pino dentro do osso e, em cima dele, colocar o dente artificial.
04protese
Apesar de o número de implantes aumentar a cada ano, muitos pacientes ainda preferem a dentadura. “Existe um aspecto cultural, uma geração que tem medo de dentista evita técnicas mais invasivas como o implante”.

Ainda assim, o especialista em implante garante que em 87% dos casos não há relato de dor no procedimento de implante, que ainda é controlado com antibiótico e anti-inflamatório. As contraindicações são para pacientes com alterações metabólicas não compensadas, como a diabetes, alterações sanguíneas e doenças periodontais. “Mas cada caso precisa ser avaliado pelo especialista.

Adaptado de Beta
Terra