Câncer lingual: entenda a doença do vocalista do Iron Maiden

O tipo de câncer de Bruce Dickinson está diretamente relacionado com o consumo de álcool e cigarro, mas se detectado em sua fase inicial, tem grandes chances de cura

  Uma nota publicada na fanpage da banda Iron Maiden, no Facebook, comunicou que o seu vocalista, Bruce Dickinson, está enfrentando uma luta contra um câncer de língua. O pequeno tumor, localizado na parte de trás da língua, foi detectado durante um exame de rotina feito perto do Natal, no ano passado.

Bruce Dickinson, que descobriu a doença no fim do ano passado, já passou por sessões de quimioterapia e agora espera estar recuperado até maio Foto: Instagram @ironmaiden.official / Reprodução
Bruce Dickinson, que descobriu a doença no fim do ano passado, já passou por sessões de quimioterapia e agora espera estar recuperado até maio

Foto: Instagram @ironmaiden.official / Reprodução

No caso de Dickinson, esses exames o ajudaram a detectar a doença ainda em seu estágio inicial, o que faz com que o tratamento, que foi concluído semana passada, tenha mais chances de cura. Durante sete semanas, o cantor passou por sessões de quimio e radioterapia e, segundo os médicos que estão cuidando dele, a expectativa é que ele esteja curado até o final de maio.

Celso acredita que a adesão de hábitos mais saudáveis pode ajudar o cantor a passar por esse problema sem novos desdobramentos. “Ao evitar hábitos diretamente relacionados, como o tabaco e o álcool, e aderindo a uma alimentação saudável, a possibilidade de reincidência da doença é bastante pequena. Também é indicado que o paciente faça, a partir de agora, um controle clínico por toda a vida”, diz o especialista.

Entenda um pouco mais sobre a doença de Dickinson
Embora seja mais fácil de ser detectado por um profissional, o câncer de língua pode ser, em alguns casos, percebido pelo próprio paciente em um auto exame. “A pessoa deve procurar por machas brancas e/ou vermelhas, úlceras (feridas que podem lembrar uma afta), e aumentos de volume na boca ou no pescoço. Qualquer sinal de rouquidão persistente também deve ser examinada por um médico”, diz Celso.

O surgimento deste câncer se dá quando há um descontrole da multiplicação das células da mucosa que recobre a língua. “Em 90% dos casos, a causa está ligada ao tabagismo ou ao álcool. Tanto que o grupo de risco desta doença são homens com mais de 50 anos com histórico de consumo de bebidas alcoólicas e cigarro”, diz o professor.

Agência Beta