De Churchill a Toninho Dentadura: políticos usam ‘perereca’

Dentadura e políticos parecem que andam lado a lado. Já houve escândalos sobre candidatos que compram votos em troca de dentaduras, boatos de político que usa aparelho ortodôntico para dar veracidade à prótese e outros candidatos que são conhecidos por usar a perereca e não escondem de ninguém.

 

Dentadura e políticos parecem que andam lado a lado desde sempre. Prova disso é que uma das pererecas mais famosas é de Churchill Foto: TSE / Getty Images

Dentadura e políticos parecem que andam lado a lado desde sempre. Prova disso é que uma das pererecas mais famosas é de Churchill.
Em 2010, um leilão vendeu a dentadura do ex-primeiro-ministro britânico, Winston Churchill, por 15,2 mil libras (cerca de R$ 41,8 mil), em Norfolk, no leste da Grã-Bretanha. A prótese parcial foi moldada especialmente para preservar a maneira natural de falar de Churchill, que queria ser facilmente reconhecido nos pronunciamentos pelo rádio que fazia durante a Segunda Guerra Mundial
Segundo o responsável pelo leilão, o premiê sofria com problemas dentários e nas gengivas e precisou desde a infância passar por tratamentos complicados.

Aqui no Brasil também existem políticos apreciadores da dentadura e dos dentes de ouro, como o Toninho Dentadura, que se candidatou a vereador em Cachoeiro De Itapemirim, no Espírito Santo, pelo Partido Progressista.

Beta Terra