Festa junina e férias; prato cheio para cáries

Depois de enfrentar finais de semana de festa junina, chegam as férias. E os que gostam demais dos quitutes juninos, estendem a comemoração pelo mês de julho com as festas julinas. Mais que quadrilhas, viagens ou tarde em frente a TV, esse cenário tem algo em comum: os doces.

 Foto: Shutterstock

Os açúcares e amidos contidos em bolachas, biscoitos, doces, frutas secas, refrigerantes, batata frita, combinam-se com a placa bacteriana e produzem substâncias ácidas que atacam o esmalte do dente. Quando isso ocorre, a pessoa fica mais suscetível à cárie. Foto: ShutterstockOs açúcares e amidos contidos em bolachas, biscoitos, doces, frutas secas,refrigerantes, batata frita, combinam-se com placa bacteriana e produzem substâncias ácidas que atacam o esmalte do dente. Quando isso ocorre, a pessoa fica mais suscetível à cárie.

Quanto mais ingerimos açúcar, maior é o tempo no qual os dentes são expostos à acidez, e, assim, pode ocorrer a rápida perda de minerais e o surgimento de cáries”

Os açúcares e amidos contidos em bolachas, biscoitos, doces, frutas secas, refrigerantes, batata frita, combinam-se com a placa bacteriana e produzem substâncias ácidas que atacam o esmalte do dente. Quando isso ocorre, a pessoa fica mais suscetível à cárie. Foto: Shutterstock

 

 

 

 

Para evitar que a boca seja uma morada confortável para bactérias, sempre que ingerir açúcar, lance mão da escova. A higiene bucal é o melhor meio de prevenir problemas odontológicos.

Os açúcares e amidos contidos em bolachas, biscoitos, doces, frutas secas, refrigerantes, batata frita, combinam-se com a placa bacteriana e produzem substâncias ácidas que atacam o esmalte do dente. Quando isso ocorre, a pessoa fica mais suscetível à cárie. Foto: Shutterstock

Atenção também para os alimentos açucarados, ácidos e muito duros. “Os famosos pé de moleque e rapadura têm um potencial maior de causar problemas, pois, além da presença da sacarose podem provocar a fratura dental”.

Os açúcares e amidos contidos em bolachas, biscoitos, doces, frutas secas, refrigerantes, batata frita, combinam-se com a placa bacteriana e produzem substâncias ácidas que atacam o esmalte do dente. Quando isso ocorre, a pessoa fica mais suscetível à cárie. Foto: Shutterstock

Deixando de lado os vilões para falar dos mocinhos, o consumo de alimentos com nutrientes que contribuem para a formação e manutenção da saúde oral são importantes para o organismo em geral e para a formação da estrutura dos dentes. “Temos que ter uma alimentação equilibrada em todos os grupos alimentares, principalmente aqueles com micronutrientes de que a saúde bucal necessita como vitamina C, cálcio, magnésio, fósforo e flúor, além da vitamina D que, junto com o magnésio, ajuda na fixação do cálcio”, diz a nutricionista funcional, Christiane Vitola.

Fotos: Shutterstock/Beta Terra

Veja importância de levar crianças ao dentista antes da volta às aulas

Os dentistas recomendam que pacientes marquem consultas de seis em seis meses para manter a saúde bucal em dia. 

 Foto: Shutterstock
Agende a visita ao dentista nos meses das férias escolares janeiro e julho , de preferência no começo das férias, para evitar que dores de dente ou outras complicações estraguem a viagem.
Foto: Shutterstock

Os dias de folga das crianças já estão acabando, mas ainda dá para aproveitar os últimos dias para marcar o check up. O importante de não adiar a consulta com o dentista é tentar remediar os possíveis estragos que esses dias cheios de doces, refrigerantes, sorvetes – em outras palavras, açúcar – podem causar nos dentes da criançada.
Além da sobrecarga de açucares, a falta de rotina também faz com que os pequenos se esqueçam da amiga escova. Compreensível que isso aconteça em dias de ficar na praia, ir ao zoológico ou ao parque de diversões, mas não é preciso deixar a higiene oral de lado.

“Nesses dias ainda dá para caprichar na escovação pela manhã e, principalmente, à noite”, diz a dentista Márcia Vasconcelos, consultora científica da Associação Brasileira de Odontologia (ABO).
Segundo a especialista, os pais precisam manter a disciplina, isso porque, igual escovar os dentes, o controle do consumo de açúcar é extremamente importante e deve ser respeitado. “As mães devem, pelo menos, limitar o número de vezes que a criança irá consumir o açúcar”, aconselha Márcia.
Uma dica é tentar substituir os doces por frutas. A maçã, por exemplo, ajuda na limpeza dos dentes. Caso seja tarde, e a cárie já tenha dado as caras, marque uma consulta com o dentista o mais rápido possível para evitar complicações.

Dicas para não deixar a higiene bucal de lado nas férias
– Tente manter as três escovações diárias depois das refeições principais.
– Marque uma consulta com o odontopediatra já no começo das férias.
– Faça da hora da escovação um momento divertido.
– Até os dois anos, a criança deve ser estimulada com a escova de dentes, mas os pais devem fazer a escovação, inclusive da língua. A partir dos três anos, com o nascimento dos molares, deve-se incluir o uso do fio dental. Com sete anos, a criança já está apta a escovar os dentes sozinhas, mas ainda devem ser supervisionadas.
– Tente fazer lanches com frutas. Vale usar a criatividade para deixar o alimento divertido e mais atrativo do que os doces cheios de açúcar.