Quais são os sinais e sintomas do câncer de boca e garganta?

O que é câncer de boca?

O câncer de boca inclui os cânceres de lábio e de cavidade oral (mucosa bucal, gengivas, palato duro, palato mole e assoalho da boca). O câncer de lábio é mais freqüente em pessoas de pele branca, e registra maior ocorrência no lábio inferior em relação ao superior. O câncer em outras regiões da boca acomete principalmente tabagistas (pessoas que fumam) e os riscos aumentam quando o tabagista também é alcoólatra.

O que causa câncer de boca?

Os fatores de risco para o câncer de boca são fatores de risco ambientais ou comportamentais, ou seja, podem ser evitáveis. Homens e mulheres acima de 40 anos, que fumam (qualquer tipo de cigarro), consomem bebida alcoólica precisam estar atentos. Outros fatores de risco são má higiene bucal, próteses que machucam, dentes quebrados, outras irritações e infecção por HPV (pacientes jovens). Para o câncer de lábio ficar constantemente exposto ao sol sem a devida proteção.

Quais são os sintomas da doença?

Feridas que se assemelham a uma “afta” mesmo que não doa e não cicatrizam em até 20 dias. Caroços, inchaços e endurecimentos que não desaparecem ou manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou escuras nos lábios ou na mucosa interna da boca. Nos estágios mais avançados, dificuldade de falar, engolir, mastigar, movimentar a língua e apresentar um emagrecimento acentuado.

Como é feito o diagnóstico?

O exame clinico intra bucal, realizado pelo dentista para diagnosticar a presença de lesão que pode ser o inicio de um câncer ou uma lesão pré-maligna. Quando diagnosticado uma lesão é necessário a realização de exames complementares para confirmar um diagnostico. Pessoas com mais de 40 anos que fumam e bebem bebida alcoólica devem estar sempre atentos e realizar um exame com dentista pelo menos uma vez ao ano.

O câncer de boca tem cura?

Sim, quanto antes detectado maior as chances de cura.

Como é feito o tratamento?

A cirurgia e/ou a radioterapia são, isolada ou associadamente, os métodos terapêuticos aplicáveis ao câncer de boca. Para lesões iniciais, tanto a cirurgia quanto a radioterapia tem bons resultados e sua indicação vai depender da localização do tumor e das alterações funcionais provocadas pelo tratamento (cura em 80% dos casos).

Como se prevenir?

Não fumar e evitar o consumo de bebida alcoólica são os principais fatores de prevenção. Um outro fator importante é ter uma boa higiene bucal, consultando um dentista uma vez ao ano para evitar próteses mal adaptadas, dentes quebrados e outras irritações. Ter uma alimentação saudável consumindo frutas e verduras também é importante para prevenção. Em relação à prevenção do câncer de lábio, é importante a proteção dos raios de sol usando chapéu de aba larga, protetor labial e protetor solar sempre que se expor ao sol por um longo período de tempo.

Ao identificar a existência de algum dos sintomas abaixo e sua permanência por mais de duas semanas, é indicada a realização de uma consulta com um médico. Nesse caso o médico deverá pedir outros exames, para confirmar ou não o diagnóstico.

Muitos desses sinais e sintomas podem ser causados por outros tipos de câncer ou por doenças menos graves e benignas. Mas quanto mais cedo for feito o diagnóstico e iniciado o tratamento, maiores as chances de cura.

Veja abaixo os sintomas que você deve ficar atento para prevenir um câncer de boca ou garganta:

Ferida na boca sem cicatrização (sintoma mais comum)
Dor na boca que não passa (também muito comum, mas em fases mais tardias)
Nódulo persistente ou espessamento na bochecha
Área avermelhada ou esbranquiçada nas gengivas, língua, amídala ou revestimento da boca
Irritação, dor na garganta ou sensação de que alguma coisa está presa ou entalada na garganta
Dificuldade ou dor para mastigar ou engolir
Dificuldade ou dor para mover a mandíbula ou a língua
Inchaço da mandíbula que faz com que a dentadura ou prótese perca o encaixe ou incomode
Dentes que ficam frouxos ou moles na gengiva ou dor em torno dos dentes ou mandíbula
Mudanças persistentes na voz ou respiração ruidosa
Caroços no pescoço
Perda de peso
Mau hálito persistente

Fonte:Hospital de Câncer de Barretos