Reduzir açúcar melhora saúde infantil em apenas dez dias

É notória a epidemia de obesidade infantil, o que tem ocasionado várias doenças antes encontradas predominantemente na população adulta. Contudo, estudo da Touro University Califórnia, nos Estados Unidos, mostrou que cortar o açúcar processado da dieta de crianças obesas reduz o risco de doenças metabólicas em um prazo de dez dias.

A síndrome metabólica é um grupo de doenças que ocorrem em conjunto, incluindo a hipertensão arterial, glicose elevada, excesso de gordura ao redor da cintura, e os níveis de colesterol anormais, que podem levar a doenças cardíacas, derrame, diabetes e doença hepática gordurosa.

O estudo envolveu 44 crianças e adolescentes com idade entre nove e 18 anos, sendo 27 latino-americanas e 16 negras, todas obesas e com síndrome metabólica. Todas seguiram uma dieta à base de proteínas, gorduras e hidratos de carbono, mas com redução de açúcar por nove dias. As crianças e jovens tinham, no entanto, a permissão para consumir frutas in natura.

Os participantes se submeteram a exames de peso e sangue no dia zero e no dia 10 do estudo, antes e ao final da dieta. Os resultados indicaram diminuições da pressão arterial, triglicérides, colesterol ruim, glicemia de jejum e nos níveis de insulina e melhoria na função hepática. Mesmo mantida a quantidade de ingestão calórica diária, algumas crianças apresentam perda de peso.

Dessa forma, os pesquisadores sugerem que os pais devem reduzir a quantidade de açúcar processado na alimentação das crianças a fim de melhorar a qualidade da saúde das mesmas.

O estudo foi publicado na revista Obesity.

Blog de Boa Saúde » Saúde do bebe e da criança