Como sair do sedentarismo?

Como sair do sedentarismo? Dicas simples que vão te ajudar a tomar essa iniciativa e movimentar-se
Treinar com amigos, relaxar ou se desafiar a cada nova conquista. Essas são algumas das experiências que a pratica da atividade física proporciona. Confira dicas para quem quer sair do sedentarismo. Saiba mais

​O sedentarismo está na lista dos principais fatores de risco que prejudicam a sua saúde. Um estudo recente (Lancet Glob Health. 2018, Sep 4), somando mais de 1,9 milhões de indivíduos entrevistados, mostrou que o Brasil tem o quinto pior índice de sedentarismo do mundo! Especialmente entre as mulheres. É normal que com a correria do dia a dia as pessoas sintam-se desmotivadas para começar a praticar uma atividade física. Entretanto, os benefícios do exercício físico vão além da disposição física. Melhor qualidade de sono, maior controle do estresse, redução do risco de doenças cardiovasculares, menor risco de câncer e melhor qualidade de vida são alguns dos muitos benefícios proporcionados pelo exercício.

Conversamos com o nosso especialista, o Dr. Gabriel Ferreira Rozin e preparamos uma lista com dicas para sair do sedentarismo.

1 – Decidi que quero sair do sedentarismo. Devo fazer um check-up para eu saber se realmente posso fazer atividade física?
Normalmente pessoas sadias, sem histórico de doenças cardiovasculares, não precisam de exames para iniciar a prática de atividades físicas. Para indivíduos com condições como hipertensão arterial, diabetes ou elevação do colesterol é prudente uma avaliação clínica para excluir a presença de doença cardiovascular assintomática que possa se manifestar subitamente no exercício.

2 – Quais as dicas para escolher a melhor atividade física para o meu objetivo?
A melhor atividade física é aquela que efetivamente é feita! Por isso a melhor atividade física é aquela que traz o benefício do exercício com algum nível de prazer e diversão, convidando assim a ser feita novamente. Para a saúde do coração tanto faz se você está dançando, caminhando, nadando ou pedalando. Mas se o objetivo não é apenas saúde e sim alguma meta estética ou desempenho esportivo, a orientação de um educador físico é fundamental para alcançar os objetivos.

Muitas pessoas procuram fazer atividade física para perder peso. Neste caso é importante saber que, especialmente para os sedentários que vão começar a prática esportiva, que o pequeno gasto calórico da atividade física pode ser facilmente anulado com excessos na alimentação. Isto é, não é efetivo “correr atrás do garfo”! Para perder peso a atividade física deve estar alinhada com um trabalho de reeducação alimentar.

3 – Posso fazer atividade física em casa?
Com certeza. O espaço livre de uma sala de estar, quarto ou varanda pode ser suficiente para muitos exercícios efetivos, como abdominais, flexões de braço, agachamentos ou até treinos com pesos. Alguns treinadores desenvolveram soluções criativas usando objetos presentes em casa para fazer exercícios, portanto a falta de uma academia não é um problema.

4 – Como administrar a falta de tempo com a prática de uma atividade física?
Se colocarmos a atividade física como um compromisso do nosso dia, com um grau de importância semelhante ao trabalho ou alimentação saudável, então mesmo um intervalo pequeno de tempo, pode ser usado para treinar. Existem estratégias de treinos curtos de alta intensidade chamados HIIT (High Intensity Interval Training – do inglês treino intervalado de alta intensidade) oferecidos por muitas academias. Este treino combina exercícios de alta intensidade em intervalos curtos, alguns segundos e são feitos em uma série curta. Em alguns programas de HIIT os treinos têm 15 minutos de duração. E muitas publicações científicas já demonstraram benefícios com treinos curtos, sem maior incidência de lesões.

5 – Fazer uma caminhada já é um bom começo?
Caminhar é um exercício acessível a praticamente todos. É o movimento natural de deslocamento do corpo humano e basta intensificar levemente o passo para se ter uma atividade física que é suficiente para aumentar o gasto energético diário. Uma dica fácil para avaliar a intensidade da caminhada é perceber o ritmo da respiração: se caminhando com alguém, a conversa estiver fluindo fácil, então, há espaço para intensificar o ritmo. A caminhada deve ser intensa o suficiente para permitir que você fale algumas palavras, mas não uma frase longa.

6 – Qual a frequência que uma pessoa pode dizer que não é sedentária? Qual a frequência ideal para quem esta começando?
Para ser considerado fisicamente ativo a recomendação é de pelo menos 150 minutos semanais (por exemplo, 30 minutos , 5 vezes por semana) de atividade física leve a moderada. Por atividade leve a moderada, podemos citar a caminhada num ritmo que torne a respiração mais ofegante, ou uma pedalada leve. Se for possível uma atividade mais intensa, como correr ou nadar, a recomendação é metade disso, pelo menos 75 minutos semanais.

Geralmente um intervalo de 2 a 4 dias entre sessões de treino são ideais para induzir ganho de condicionamento e melhor qualidade muscular e cardiovascular. Ou seja, duas ou três sessões por semana são ideais para começar a desenvolver o condicionamento. Treinar apenas uma vez por semana também pode trazer benefício, mas o ganho em termos de condicionamento provavelmente será menor.

7 – Jogar futebol com os amigos no final de semana é uma prática saudável?
Certamente! Muitos estudos reforçam a importância de sair do sedentarismo, mesmo que somente aos finais de semana, demonstrando benefícios em relação a quem não pratica nada. Entretanto quem se exercita apenas aos finais de semana (especialmente futebol, que é um esporte de impacto) corre maior risco de lesões, como estiramentos musculares, lesões articulares ou ligamentares.

8 – Podemos dizer que fazer atividade física é uma obrigação?
Assim como alimentação saudável, atividade física não deve ser uma obrigação, atribuindo a ela um caráter impositivo. Como já foi demonstrado em alguns estudos sobre alimentação, a proibição de certos alimentos como uma prescrição médica pode ter o efeito reverso, de aumentar o seu consumo! Sendo assim a obrigatoriedade da atividade física pode aumentar a frustração de quem tem dificuldades em praticar. Devemos estimular conhecimento sobre os benefícios da atividade física e seu potencial em promover bem estar, prevenção e tratamento de doenças. Neste sentido a prática regular de atividade física faz parte de uma rotina saudável, e a motivação para o exercício virá naturalmente uma vez que o indivíduo sente os benefícios da sua prática.

9 – Fazer atividade física ajuda na saúde mental?
Uma lição aprendida das disciplinas orientais: atividade física pode ser uma forma de meditação! Yoga, Tai-Chi e outras formas de exercícios são usadas para treinar o corpo e o tornar mais apto para atingir estados elevados de concentração e desenvolvimento espiritual. Mesmo que não façamos exercício para este fim, inúmeros estudos científicos já demonstraram o benefício de atividade física para o manejo de condições como depressão, ansiedade, síndrome do pânico, insônia, transtornos de hiperatividade e inatenção.

Além disso, exercícios físicos são atualmente considerados a medida de estilo de vida mais efetiva, mais até do que muitas medicações, para reduzir a progressão de demências, como a doença de Alzheimer.

Encontre algo que você goste de fazer e aproveite as mudanças positivas que um exercício físico pode trazer para a sua vida.

Fonte: dr. Gabriel Ferreira Rozin​, médico especialista do Hospital Israelita Albert Einstein

Diastema: fechar ou não fechar, eis a questão

A maioria das pessoas que procura um profissional para fechar esse espaço entre os dentes reclama de questões estéticas

Um sorriso com diastema é aquele que tem algum espaço entre os dentes deixando um buraco entre eles. O tipo mais famoso, talvez porque seja o mais visível, é o que se localiza nos dentes superiores da frente (lembra do sorriso do Ronaldo Fenômeno antigamente?). Embora possa causar algum transtorno para a saúde bucal, esse problema é tratado mais como uma questão estética e arrumá-lo, ou não, na maioria das vezes é uma opção pessoal.

Adultos gostam de harmonia facial e não de ter o sorriso infantil. Mas tudo é uma questão de gosto. Há casos de muitas famosas que fazem do diastema a sua marca pessoal (é o caso da Georgia May Jagger, filha do cantor Mick Jagger)
Adultos gostam de harmonia facial e não de ter o sorriso infantil. Mas tudo é uma questão de gosto. Há casos de muitas famosas que fazem do diastema a sua marca pessoal (é o caso da Georgia May Jagger, filha do cantor Mick Jagger)

Foto: Instagram: @georgiamayjagger / Divulgação

Existem algumas razões para o aparecimento do diastema. “Eles podem surgir quando o paciente tem dentes muito pequenos ou com alguma alteração de forma, quando, na infância, ele tinha o hábito de chupar o dedo ou chupeta ou apresentava uma respiração inadequada, em casos de dentes em excesso na boca, freio labial hipertrófico ou depois de algum tratamento ortodôntico”, diz Karyne Magalhães, cirurgiã-dentista especializada em Laserterapia e membro da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-GO).

Normal ou problema?
A resposta para essa pergunta é: depende. Em crianças que ainda têm dente de leite o diastema é perfeitamente normal, uma vez que os dentes que ainda vão nascer (permanentes) são maiores e deverão preencher os espaços corretamente.

Já na fase adulta, esse buraco entre os dentes não deveria mais existir, mas isso não é necessariamente um problema. Segundo Karyne, o principal motivo que leva um adulto a procurar um especialista para fechar o diastema é o estético. “Adultos gostam de harmonia facial e não de ter o sorriso infantil. Mas tudo é uma questão de gosto. Há casos de muitas famosas que fazem do diastema a sua marca pessoal (Georgia May Jagger, filha do cantor Mick Jagger), mas na verdade nem os dentistas gostam dessa desarmonia e sempre que dá, sugerimos seu fechamento”, diz a especialista.

Problemas mais sérios
Mas mesmo a questão estética sendo a mais citada como transtorno, o diastema pode causar outros probleminhas também. Esses espaços, por exemplo, facilitam a retenção de alimentos e outros resíduos entre os dentes. “São nesses casos que há mais ainda a necessidade do uso do fio dental ou escovas específicas que removem os alimentos que se acumulam entre a gengiva e o dente”, diz Karyne. Se esse cuidado não for tomado, inflamações gengivais podem aparecer.

E como já sabemos, problemas na gengiva e acúmulo de alimentos podem desencadear uma lista longa de problemas que vão desde cárie até mau hálito.

O diastema ainda pode comprometer a fala ou causar uma DTM (Disfunção Temporomandibular). Eis um exemplo: se o buraco está localizado do lado esquerdo nos dentes do fundo, responsáveis pela mastigação, o ato de mastigar pode ficar desequilibrado, sobrecarregando a musculatura e os dentes do outro lado. Essa descompensação pode causar dores na cabeça, ombros, pescoço entre outros.

Dentista e tratamento
O diagnóstico diferencial do diastema, feito pelo dentista, é que vai conduzir ao melhor tratamento. “Dependendo do resultado, o profissional pode optar por procedimentos ortodônticos, cirúrgicos, com resinas ou cerâmicas ou até indicar a ajuda da fonoaudiologia”, diz a especialista. As resinas e as cerâmicas são materiais altamente estéticos e podem passar despercebidos até mesmo nas famosas “selfies”.

Melhor época
A melhor época para corrigir esse problema é ainda na infância. “A avaliação se faz necessária na fase da dentição mista e a partir daí o profissional já pode começar a intervir. O ortodontista ou o odontopediatra são os melhores profissionais para direcionar o tratamento”, diz Karyne.

Mas não se esqueça, muitas vezes o diastema é só uma questão estética e cabe ao paciente determinar se deseja fecha-la ou não. O fechamento dos espaços entre os dentes só se faz necessário se desfavorecer a fonética ou trazer algum outro problema de saúde bucal mais sério, do contrário, pode sorrir a vontade e sem vergonha, afinal, tem muita modelo capa de revista por aí cheia de orgulho do seu diastema!

Agência Beta

Alguns famosos que buscaram tratamento para mudar o sorriso

Nem sempre os dentes brancos e perfeitamente alinhados dos famosos são obra, apenas, da generosidade da genética. Muitos deles investem em tratamentos odontológicos que mudam para melhor o sorriso de qualquer pessoa. Conheça alguns deles.

1- A atriz Glória Pires tinha sorriso gengival no início da carreira, ela sorria e aparecia cerca de 70% da gengiva. Para conquistar o novo visual, a atriz se submeteu a uma gengivoplastia, um procedimento cirúrgico odontológico que refaz o contorno da gengiva nos dentes.

Getty images

Os dentes alinhados da modelo Gisele Bündchen foram conquistados com Invisalign, que ela começou a usar em 2006. A top não tirava (e nem precisava) o aparelho ortodôntico nem para desfiles ou ensaios fotográficos
Os dentes alinhados da modelo Gisele Bündchen foram conquistados com Invisalign, que ela começou a usar em 2006. A top não tirava (e nem precisava) o aparelho ortodôntico nem para desfiles ou ensaios fotográficos

Os dentes alinhados da modelo Gisele Bündchen foram conquistados com Invisalign, que ela começou a usar em 2006. A top não tirava (e nem precisava) o aparelho ortodôntico nem para desfiles ou ensaios fotográficos

Foto: Instagram: @gisele / Reprodução
2- A atriz Flavia Alessandra se entregou as facetas de porcelana para ter os dentes não só branquinhos, mas alinhados e uniformes. Nesse procedimento, os dentes são revestidos com lâminas de porcelana.

3- O sorriso da atriz Fernanda Paes Leme foi melhorado enquanto ela fazia trabalhos na TV e o público nem percebeu. Para isso, ela usou o Invisalign, um aparelho ortodôntico transparente, fino e removível.

Fernanda Paes Leme (Foto: AgNews)

(Foto: AgNews)

4- A modelo fitness Juju Salimeni já tinha um sorriso bem bonito, mas após colocar facetas de porcelana, os dentes ficaram mais claros e uniformes. As facetas são mais espessas que as lentes de contato e não exigem manutenção constante.

5- O cantor adorado pelas adolescentes Justin Bieber alinhou os dentes com o aparelho ortodôntico Invisalign, que não só promete um resultado mais rápido do que o aparelho fixo tradicional, como é perfeito para quem quer um visual discreto.

Justin Bieber, On Air with Ryan Seacrest

 Foto: Getty Images

6- O ator Caio Castro conseguiu dentes mais brancos com clareamento dental. O tratamento pode ser feito no consultório ou em casa. No consultório é usado um gel a base de peróxido de hidrogênio e laser que potencializa a ação do produto. Em casa, é feito com um molde próprio e o mesmo gel.

7- Os dentes alinhados da modelo Gisele Bündchen foram conquistados com Invisalign, que ela começou a usar em 2006. A top não tirava (e nem precisava) o aparelho ortodôntico nem para desfiles ou ensaios fotográficos.

8- O sorriso do ator Rodrigo Lombardi ficou mais alinhado e branco com a aplicação de facetas de porcelana. A técnica cola lâminas de porcelana na parte da frente dos dentes, depois que ele é desgastado. As facetas não perdem o brilho com o tempo ou absorvem corantes.

9- A Duquesa de Cambridge Kate Middleton alinhou os dentes com Invisalign e depois aplicou facetas de porcelana, para deixar o sorriso mais alinhado, branco e brilhante. Um tratamento como o dela pode durar entre seis e 24 meses.

10- As lentes de contato, aplicadas no ator George Clooney, uniformizaram o tamanho dos dentes, corrigiram imperfeições, manchas e lascas no sorriso do ator. Cada lente tem entre 0,2 mm e 0,4 mm de espessura, enquanto as facetas normais têm pelo menos 1 mm.

A fórmula dentes alinhados e sorriso super branco era o que Miley Cyrus precisava, e conseguiu. Dá para ver que mudança é com ela mesma. Foto: Getty Images

 Foto: Getty Images
Mesmo sem o sorriso perfeito George Clooney já arrancava suspiros da mulherada. Agora, o talento ganhou o reforço do sorriso e do engajamento político, e o ator figura entre os homens mais desejados e admirados do cinema.

A fórmula dentes alinhados e sorriso super branco era o que Miley Cyrus precisava, e conseguiu. Dá para ver que mudança é com ela mesma. Foto: Getty Images

A fórmula dentes alinhados e sorriso super branco era o que Miley Cyrus precisava, e conseguiu. Dá para ver que mudança é com ela mesma. Foto: / Getty Images
 12-Hilary Duff

13-Jennifer Lopez

A fórmula dentes alinhados e sorriso super branco era o que Miley Cyrus precisava, e conseguiu. Dá para ver que mudança é com ela mesma. Foto: Getty Images

 Foto: / Getty Images
Uma recauchutagem geral no sorriso ajudou Jennifer Lopez a sustentar o ar de diva.

Foto: Getty Images

Agência Beta

 

Não importa se recorreu a tratamentos milagrosos ou se nasceu assim. O que conta é que estes famosos  abaixo desfilam sorrisos de dar inveja na TV, no tapete vermelho, no palco e na tela do cinema. Branquinhos, alinhados e proporcionais, os dentes são um cartão de visita que chamam a atenção.

 

Zac Efron precisou de alguns tratamentos para ficar com o sorriso perfeito, mas o resultado foi dentes proporcionais e alinhados Foto: Getty Images

Zac Efron precisou de alguns tratamentos para ficar com o sorriso perfeito. Resultado: dentes proporcionais e alinhados

Zac Efron precisou de alguns tratamentos para ficar com o sorriso perfeito, mas o resultado foi dentes proporcionais e alinhados Foto: Getty Images

Berry está acostumada a estar entre boas listas: mais sexy, mais bem vestida, e não poderia ficar de fora de dentes perfeitos.Foto: Getty Images

Zac Efron precisou de alguns tratamentos para ficar com o sorriso perfeito, mas o resultado foi dentes proporcionais e alinhados Foto: Getty Images

 

Ashton Kutcher tem muitos motivos para mostrar seu belo sorriso. A estrela do seriado Two and a Half Man se separou oficialmente de Demi Moore e boatos dizem que pode ser papai em breve com a atriz Mila Kunis
Zac Efron precisou de alguns tratamentos para ficar com o sorriso perfeito, mas o resultado foi dentes proporcionais e alinhados Foto: Getty Images

 Carlos Casagrande é referência de sorriso perfeito entre os homens
Para quem não está feliz com o sorriso, existem tratamentos como o clareamento para deixar os dentes brancos, as facetas de porcelana que mudam o sorriso instantaneamente, aparelhos ortodônticos e até cirurgia plástica na gengiva. Basta procurar um profissional e investir na beleza dos dentes. Inspire-se .

Amálgama ainda tem lugar na odontologia ?

O amálgama dentário  (Foto: botazsolti/Shutterstock)

 

Muitos pacientes ainda tem dúvidas  se devem trocar suas restaurações em amálgama por restaurações em resina nos dentes posteriores ou por qual material optar em caso da necessidade de uma nova restauração.

   O amálgama foi por muito tempo o material de escolha para os dentes posteriores, devido a vários fatores :

  • custo mais baixo
  •  maior resistência
  • maior durabilidade

 Porém existem muitas desvantagens na sua escolha :

  •  estética ( cor prata)
  •  desgaste maior do dente devido ao  preparo necessário para reter a restauração.
  • mercúrio em sua composição, embora estudos clínicos apontem que o mercúrio não causa danos à saúde do paciente portador de restauração de amálgama .
  •  Danos ao meio ambiente, se descartado de maneira incorreta.

 O amálgama foi por muito tempo o material de escolha para os dentes posteriores, pois é mais barato, tem maior resistência, maior durabilidade e facilidade de execução de sua técnica, porém, sua estética não é bem aceita pelo paciente por ser da cor prata, além disso tem baixa resistência nas bordas e necessita de um desgaste maior do dente que deve ser preparado para receber a restauração, e ainda possui mercúrio em sua composição, embora estudos clínicos apontem que o mercúrio não causa danos à saúde do paciente portador de restauração de amálgama e os danos ao meio ambiente, quando a sua manipulação é feita de maneira correta, são mínimos.

 Já os materiais resinosos são esteticamente mais vantajosos, pois a sua cor se aproxima mais da cor dos dentes e hoje em dia existem kits de pintura que dão condições ao cirurgião-dentista de aproximar ainda mais a cor da restauração e a cor do dente, possui adesividade, ou seja, a estrutura do dente pode ser mais preservada, além de não apresentar mercúrio.

 O tempo de vida útil de cada material é diferente, o amálgama dura até 15 anos, enquanto a resina tem uma duração de 8 a 9 anos, e esta passa por um processo de aprimoramento. Com o passar do tempo a sua composição melhora elevando o resultado da relação durabilidade e resistência. O grau de dureza e resistência da resina está bem alto, e o processo de dilatação e contração que este material sofre por ocasião das variações térmicas está atualmente muito próximo do ocorrido nos dentes naturais.

 Pessoalmente acredito que um dentista  que pretenda atuar fazendo uso de uma odontologia pouco invasiva e mais estética  deva optar pelo uso de  resinas. 

Aplicação de Toxina Botulínica para correção do Sorriso Gengival.

Indicações: Alguns pacientes elevam dramaticamente o lábio superior ao sorrirem, o que revela grande parte do tecido gengival, normalmente conhecido como ‘sorriso gengival’.

Considerações anatômicas: O lábio superior é elevado, durante o sorriso, pelo músculo elevador do lábio superior e da asa do nariz. Esse músculo origina-se no processo frontal da maxila e insere-se na pele da porção lateral da narina e do lábio superior. A contração unilateral desse músculo resulta num deslocamento lateral do lábio, tanto que esse músculo é conhecido como ‘músculo do Elvis (Presley).

Técnicas de injeção: Anestesia tópica pode ser usada, embora essa única injeção de cada lado normalmente seja bem tolerada sem anestesia.
O músculo elevador do lábio superior e da as do nariz fica imediatamente lateral ao nariz; 1 a 2 UB são usadas nessa área.

Aplicação de Toxina Botulínica para correção do Sorriso Gengival

Precauções: Essa injeção alongará o lábio superior. Deverá ser usada com cautela em pacientes mais velhos, que podem ter lábios superiores compridos. Pacientes mais jovens pode se beneficiar mais desse procedimento do que os pacientes idosos.
Deverá ser usada com cautela nos paciente que não toleram um enfraquecimento do lábio superior. Exemplos: músicos que tocam instrumentos de sopro.

Instruções pós-aplicação: Nenhuma. Hematoma é improvável.

Riscos: O excesso de tratamento dessa área pode causar queda severa do lábio superior.

Procure um profissional habilitado para verificar se a técnica é aplicável ao seu caso.

Ortoblog

 

Transforme seu sorriso Inicie 2015 com o sorriso que você sempre sonhou.

Lentes de Contato Dental

Lentes de Contato Dental são películas de porcelana altamente resistentes que foram projetadas para cobrir imperfeições dentárias proporcionando um sorriso perfeito sem danos, sem dor e sem sensibilidade.

As Lentes de Contato Dental da Setetident trazem de volta a cor branca e o brilho dos seus dentes

Permitem a correção de cor, posição e espaços que possam existir entre um dente e outro.

As Lentes de Contato Dental da Stetident trazem diversas vantagens para você que quer recuperar seu sorriso branco

• Quais são as vantagens das facetas de porcelana?

– Facetas de porcelana são muito duráveis. Embora as facetas de porcelana sejam muito finas, geralmente entre 0,5 – 0,7 milímetros, quando aderidas a uma superfície tornam-se muito resistentes. Elas podem durar por muitos anos, de 10 a 15 anos, geralmente, se você cuidar bem delas, com boa higiene oral e evitar cortar ou mastigar objetos duros, como gelo.

– As facetas de porcelana são resistentes às manchas.

Por isso, o tratamento estético com as facetas de porcelana é a melhor indicação aos fumantes, por exemplo.

– As facetas de porcelana pré-fabricadas são conservadoras, ou seja, apenas uma pequena quantidade da estrutura do dente é removida, se necessário, durante o procedimento.

 

Em poucas consultas tenha seus dentes brancos de volta com as Lentes de Contato Dental da Stetident

• O que é necessário para realizar um tratamento com Facetas de Porcelana?

Normalmente, são necessárias duas visitas.

Na primeira:

– Seus dentes serão examinados e os seus desejos e expectativas serão discutidos. É fundamental que você tome um papel ativo neste processo. O tamanho, a forma e a cor dos dentes serão discutidos.

– O dentista realizará um  pequeno desgaste na parte da frente dos seus dentes. Esse desgaste vai variar de acordo com o formato e o alinhamento dos seus dentes.

– Será realizado o procedimento de moldagem no intuito de obter uma réplica exata dos seus dentes sobre a qual as facetas serão confeccionadas.

Na segunda visita:

– Nessa consulta será realizada a cimentação dessas facetas. O dentista provará as facetas, e fará alguns testes de cor. Após a sua aprovação, as facetas serão coladas em seus dentes. Normalmente, há a necessidade de mais uma visita para remoção de excessos e aprimoramento da estética.

Saiba se você pode aplicar as facetas de porcelana e tenha seus dentes brancos novamente com as Lentes de Contato Dental da Stetident

• Você é um bom candidato para facetas de Porcelana?

As facetas dentárias não são apropriadas para todos os pacientes ou todos os tipos de dentes. A seleção dos casos é um fator extremamente importante para o sucesso desta técnica. Apenas um exame realizado pelo seu dentista poderá determinar se as facetas dentárias serão apropriadas para fazer as alterações desejadas e atender às suas expectativas.

Para a realização desse tratamento é fundamental que os dentes estejam saudáveis. Cárie dentária e doença periodontal devem ser tratadas antes do procedimento estético. Pessoas portadoras de bruxismo devem realizar o tratamento adequado, mas somente seu dentista para avaliar se o seu grau de bruxismo impede que as facetas sejam realizadas.Via Stetidente

Avalie seu caso e saiba se você é um candidato ao uso de Lente de contato dental.   (11) 3624-0480 (11) 3726-8905 Centro Odontológico Morumbi  – Ed. West Tower (Em frente ao Hospital Le Fort)

(11)3721-7941 -Odontoshop Butantã – Shopping Butantã

Ou preencha abaixo que entraremos em contato e agendaremos uma visita.

[contact-form][contact-field label=’Nome’ type=’name’ required=’1’/][contact-field label=’E-mail’ type=’email’ required=’1’/][contact-field label=’Comentário’ type=’textarea’ required=’1’/][/contact-form]

 

 

CLAREAMENTO DENTAL : DENTES BRANCOS E UM SORRISO MUITO MAIS BONITO!

Você já percebeu que com o passar dos anos os dentes começam a ganhar uma coloração mais amarelada? As principais causas são: o consumo de alimentos corantes e bebidas como por exemplo café e vinho tinto , o fumo, em alguns casos tratamentos de canal além do escurecimento causado pela própria idade.

images

Rápido, Acessível e Seguro: Atualmente as técnicas e produtos para o clareamento dentário evoluíram muito e o Clareamento Dental se tornou um procedimento seguro,indolor, rápido e com resultados muito gratificantes.

clareamento_antes_depois

TIPOS DE CLAREAMENTO:
O Clareamento pode ser realizado no consultório (a laser em duas sessões de 45 minutos), em casa ou em uma combinação bastante interessante que é a de duas sessões no consultório + casa, com a supervisão de um dentista. Para a realização do Clareamento em casa com supervisão, inicialmente é feito um molde da sua arcada dentária e, com base nele, são confeccionadas moldeiras em silicone (superior e inferior) aonde o gel clareador é colocado para que entre em contato com os dentes enquanto você dorme.(uso de um período mínimo de 4h diárias )

01mastigar
Mastigar e engolir são atos tão automáticos que podem não receber a atenção que merecem. Ocorre que os movimentos errados podem prejudicar a saúde bucal. Segundo a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, o ideal é praticar a mastigação bilateral para haver um equilíbrio de desgaste e tonificação muscular dos dois lados da face.

Quando a pessoa mastiga mais de um lado do que do outro pode haver alteração na arcada dentária, e a região mais afetada é a articulação temporomandibular (ATM), que liga a mandíbula ao crânio. Depois de algum tempo sofrendo com a sobrecarga, pode ocorrer inflamação e, consequentemente, dor durante a mastigação e na cabeça. A mastigação correta também é peça-chave na digestão, já que a produção de saliva é mais eficiente.

Dentre os motivos que levam a uma mastigação incorreta estão problemas odontológicos, como má oclusão e mordida cruzada, disfunção da articulação temporomandibular (D-ATM), problemas respiratórios, como rinite e desvio de septo, entre outros.

Você pode fazer um autoexame.Fique na frente de um espelho e observe atentamente dois pontos: Se um ombro é mais alto do que o outro e se, ao sorrir, o meio dos dentes de cima não está alinhado com o meio da arcada de baixo. “Caso haja alteração, é hora de procurar um especialista”.

Engolir para rejuvenescer
Os problemas que causam a mastigação incorreta também podem influenciar a deglutição. Para compensar desequilíbrios e a movimentação errada da língua, a maioria das pessoas contrai os lábios.

Esses movimentos podem ser responsáveis pelas indesejáveis pregas e sulcos na face. As fonoaudiólogas, Silvia Manzi e Yasmin Frazão, afirmam que ao trabalhar os músculos envolvidos nas funções de mastigação, deglutição, fala e mímica facial, é possível atenuar rugas e sinais de expressão.

O segredo é equilibrar as contrações dos músculos faciais ao usá-los para falar. Isso é feito com exercícios de alongamento e inibição muscular, além de mudanças na entonação vocal. Como resultado, face mais jovem com menos rugas e uma comunicação oral mais eficiente, sem precisar fazer caretas.

Beta
Terra